Quanto custa contruir uma casa

Quanto custa construir uma casa?

22 de dezembro de 2021 Off Por Renato Farias Ferreira

No atual estado da economia construir uma casa por conta é um grande feito.

Isto porque, durante a pandemia, um dos setores que mais sofreu com a inflação foi o da construção civil, de forma que o custo de construir uma casa se elevou consideravelmente.

O custo de construir uma casa envolve uma série de fatores, fazendo interagir preços de matérias-primas e mão de obra diversas.

Por conta disso, a organização financeira para o projeto é essencial. Caso não seja feito um planejamento adequado, não só a casa pode não ter a qualidade esperada, como o custo pode superar em muito os recursos disponíveis.

Mas, afinal, quanto custa construir uma casa?

O primeiro passo para fazer um planejamento financeiro de sucesso é colocar na ponta do lápis todos os fatores e custos que você terá para construir a casa.

 

Principais fatores

 

Para conseguir ter uma ideia mais concreta dos principais fatores que vão afetar os custos da construção, é interessante consultar o profissional da área envolvido no projeto, como um engenheiro ou um arquiteto.

Não só você poderá ter uma visão clara do que influencia os seus gastos, como você receberá o aconselhamento necessário para fazer um uso mais eficiente desses recursos, por exemplo através de uma distribuição mais inteligente dos cômodos.

Fazer um orçamento básico para a sua casa demanda o conhecimento de, pelo menos, os seguintes fatores: terreno, metragem, materiais, acabamentos, profissionais e equipe.

Tudo começa com a terra.

A localização é essencial para definir não apenas os custos de construção, mas também o valor que a casa terá quando estiver concluída.

Para dar mais comodidade para seus moradores, a casa precisa estar inserida em um local com a infraestrutura básica necessária, a saber, asfalto, calçada, saúde, educação, transporte, comércio etc.

Além da infraestrutura da região, o valor do metro quadrado varia conforme a cidade em que a casa será construída.

De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o custo de construção de uma casa no estado de São Paulo, em média, é de R$ 1.640 reais por metro quadrado, ao passo que em Santa Catarina, por exemplo, esse custo é de R$ 2.112,90 por metro quadrado.

Além disso, você precisa saber em que terreno está construindo a casa, pois isso pode demandar materiais diferentes e mão de obra especializada.

A depender do tipo, há outros custos envolvidos que agregam valor ao terreno, por exemplo estar localizado em um condomínio fechado. A garantia de maior segurança e infraestrutura, inclusive, fez com que o preço desse tipo de terreno aumentasse bastante durante a pandemia.

Além dos custos com a metragem, o tipo do terreno e a localização, devem também ser computados os custos com os materiais de construção, acabamentos e mão de obra.

A utilização de materiais e acabamentos mais refinados, naturalmente, provocará um aumento no custo da construção. Estima-se que os materiais, na construção de uma casa padrão em São Paulo, englobam cerca de dois quintos do custo final da obra.

Além disso, a seleção da mão de obra também é um fator importantíssimo, pois investir na expertise de empresas consolidadas não é barato, mas é uma forma de garantir a qualidade final do imóvel.

A mão de obra é um dos maiores custos para construir uma casa. A estimativa é de que, na construção de uma casa de padrão mediano em São Paulo, o custo com a mão-de-obra amonta em metade do custo final.

Outros custos básicos na construção da casa envolvem despesas administrativas, como alvarás, autorizações, documentação, impostos, taxas etc. Embora se estime que esses gastos atingem menos de 5% do total, no padrão acima (casa padrão em São Paulo), não é um custo que possa ser negligenciado.

 

Outros possíveis custos

 

Esses são os custos básicos na construção de qualquer casa. Se você busca incluir elementos que destaquem a obra da residência média, é preciso computar os custos correspondentes.

Por exemplo, a construção de uma piscina, que, embora atraia mais custos para o orçamento, é um investimento no valor final agregado na casa.

O custo da construção da piscina varia de acordo com o tamanho da casa, o espaço ocupado e o modelo a ser construído. Fazer uma piscina simples é uma coisa; já construir uma piscina com área de lazer, deck, churrasqueira, ducha e pergolados é outra bem diferente no orçamento final.

Esse custo, contudo, não precisa ser suportado logo de início, juntamente com a construção da casa. De fato, quem busca economia na obra pode ir fazendo tudo isso aos poucos, até mesmo após a finalização da estrutura básica da casa.

 

Dicas para economizar

 

Existem várias medidas que você pode tomar para economizar na construção de uma casa.

Tudo deve ser bem planejado durante a organização financeira do projeto. O primeiro passo é estipular um orçamento que cabe no seu bolso, mas que também atenda às expectativas que você tem para o produto final da construção.

Assim, leve em conta todos os fatores e custos mencionados acima, faça pesquisas de mercado e fale com especialistas. Dispondo de todas essas informações, você poderá fazer um orçamento inteligente.

Na hora de colocar a mão na massa, procure apenas profissionais de confiança para executar os serviços.

A mão de obra é um dos principais custos por um motivo. Contratar mão-de-obra por um preço muito abaixo da média do mercado pode causar problemas, já que pode atrair novos custos para consertar erros ou refazer trabalhos mal feitos.

Portanto, essa é uma área em que economizar num primeiro momento pode causar novos e maiores gastos, estourando o orçamento.

Assim que definir o orçamento, é importante ficar por volta desse número. Não assuma compromissos nem incorra em novos gastos caso eles prejudiquem o orçamento total e as suas finanças pessoais.

Por fim, tudo o que você gastar efetivamente deve ser registrado em uma planilha. Dessa forma, você consegue organizar exatamente o que gastou, uma estimativa do quanto ainda tem que gastar e o quanto ainda tem disponível para isso.

 

Kit casas pré-fabricadas

 

Uma forma de facilitar o processo de construção é, sem dúvida, procurar um kit de casa pré-fabricada.

De fato, o kit é uma forma de simplificar em um só produto os materiais básicos para construir uma casa.

Clique aqui e conheça um marketplace inteiramente dedicado a esses kits!

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Casas pré-fabricadas, a inovação que transforma sonhos em realidade habitável.

Casa pré-fabricada: investimento inteligente para o futuro 

Com o avanço da tecnologia e a busca por soluções mais práticas e sustentáveis, as casas pré-fabricadas têm ganhado cada vez mais espaço no mercado imobiliário. Essas construções, que são produzidas em fábricas e posteriormente montadas no local desejado, oferecem uma série de vantagens em relação às construções tradicionais.

Neste artigo, vamos explorar as opções de casas pré-fabricadas, como as casas container, casas de placa de concreto e casas de madeira, e mostrar por que elas representam um investimento inteligente para o futuro.

Leia mais »
A tiny house, a liberdade de viver com simplicidade e estilo.

Tipos de Tiny Houses 

Nos últimos anos, as Tiny Houses ganharam popularidade como uma alternativa sustentável e econômica para a moradia convencional. Essas casas compactas oferecem uma maneira

Leia mais »
Chalés, o refúgio encantador onde a tranquilidade encontra morada.

Chalés de luxo: descubra como a madeira eleva o conceito e a elegância

Os chalés de luxo são verdadeiras joias arquitetônicas que encantam pela sua beleza singular e atmosfera acolhedora. Quando se trata de elevar o conceito de luxo, a escolha do material de construção desempenha um papel fundamental.

Nesse contexto, a madeira emerge como protagonista, conferindo não apenas solidez estrutural, mas também uma estética única e uma sensação de calor que transforma esses refúgios em verdadeiros oásis de conforto e sofisticação.

Leia mais »